quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

A inveja, segundo o Record

Boa noite,

ao ler a vossa edição online de hoje, dia 20-02-2013, espantou-me uma notícia sobre a presença de Madjer no Estádio do Dragão, ontem à noite, a assistir ao Porto-Málaga. Diz a notícia, e cito: "Por exemplo, é capaz de ajudar bem mais ter nas bancadas, acompanhado pelos seus filhos, o tal calcanhar mágico que em 1987, em Viena, ajudou a abrir caminho para a primeira grande conquista europeia de um clube que durante muitos anos invejou o cantinho de Morais e os dois triunfos do Benfica na Taça dos Campeões Europeus."

O que me surpreendeu nesta notícia é a parte onde se refere que o Futebol Clube do Porto invejou as conquistas europeias dos rivais de Lisboa, Benfica e Sporting. Surpreende-me a facilidade com que se chama invejoso a um clube vencedor como o Futebol Clube do Porto. Espanta-me como se mistura inveja com ambição, ambição essa que transformou o Porto no clube de futebol mais titulado da história do futebol português e no clube mais vencedor da Europa, no século XXI. Chamar inveja a isto é de uma mesquinhez tremenda. Confundir inveja com ambição, vontade de vencer e luta incessante pelo sucesso, revela uma pobreza de espírito gritante e uma tremenda frustração. E isto sim, é inveja.

Porque invejoso não é aquele que tenta ser melhor do que os outros. Invejoso é aquele que tudo faz para menosprezar o sucesso dos demais.

Invejoso é aquele que sente necessidade de ir buscar conquistas bafientas, do tempo da televisão a preto e branco, para combater os problemas digestivos que uma singela vitória europeia do Futebol Clube do Porto provoca.

Invejoso é aquele que é incapaz de destacar uma vitória europeia do Futebol Clube do Porto, preferindo realçar um, à data, candidato a candidato à presidência de um clube do meio da tabela.

Invejoso é aquele que inventa títulos para que o Futebol Clube do Porto não se torne no mais titulado clube nacional, mesmo passando por cima de uma decisão da FIFA.

Invejoso é aquele que remete para um canto obscuro uma taça Intercontinental, destacando uma insignificante lesão de um jogador do Benfica.

E a inveja é uma coisa feia. Bem como a mentira.

Cumprimentos,

1 comentário:

Artur Guedes disse...

Sr. João Ferreira, gostava que entrasse em contacto comigo através do mail - arturguedes9@gmail.com, preciso de falar consigo.

Cumprimentos.

Artur Guedes